Equipa

SARA PEREIRA

Investigadora Responsável

UMinho/CECS

Professora Associada com Agregação do Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Ciências da Comunicação, e investigadora do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS) da Universidade do Minho.
Em 2020 realizou provas de Agregação em Ciências da Comunicação e em 2004 doutorou-se em Estudos da Criança, especialização de Educação para os Media, na Universidade do Minho. Leciona nas áreas de públicos e audiências dos media e da Literacia para os Media.
Tem como principais áreas de investigação as crianças, os jovens e os media; os direitos de expressão e de participação de crianças e jovens; Literacia para os Media; e públicos e práticas mediáticas. Tem coordenado vários projetos nacionais e europeus e é autora de diversas publicações nestas áreas. Atualmente é IR do projeto “bYOU – Estudo das vivências e expressões de crianças e jovens sobre os media”, financiado pela FCT (PTDC/COM-OUT/3004/2020) e co-IR do projeto “COMEDIG – Competências de Literacia Digital e Mediática em Portugal”, financiado pela FCT (PTDC/CED-EDG/32560/2017). Participa, como membro da equipa, do projeto “Verdad y ética en las redes sociales. Percepciones e influencias educativas en jóvenes usuarios de Twitter, Instagram y YouTube (Internética)”, financiado pela convocatória de projetos I+D+i do Ministerio de Ciencia, Innovación y Universidades (Espanha) de 2019 (PID2019-104689RB-I00).
Foi diretora do Departamento de Ciências da Comunicação entre 2013 e 2019 e diretora do mestrado em Comunicação, Cidadania e Educação entre 2010 e 2015.
Preside à secção Media Education Research da International Association for Media and Communication Research (IAMCR) desde julho de 2019.
É co-coordenadora do MILObs – Observatório sobre Media, Informação e Literacia e coautora do programa de rádio Ouvido Crítico, emitido semanalmente na Antena 1 desde fevereiro de 2018.
Pertence à ECREA e à IAMCR.

DANIEL BRANDÃO

Co-investigador Responsável

UMinho/CECS

Professor Auxiliar no Departamento de Ciências da Comunicação do ICS-UMinho, é também investigador integrado do CECS e colaborador do ID+.

Licenciado em Design de Comunicação (2004), Mestre em Arte Multimédia (2008) e Doutorado em Media Digitais, na Especialidade de Criação Audiovisual e de Conteúdos Interativos, pela Universidade do Porto (2014). No âmbito do doutoramento desenvolveu o projeto Museu do Resgate (www.museudoresgate.org), um website participativo com vídeos feitos por cidadãos sobre o quotidiano da cidade. É também um dos coordenadores do Citadocs, um projeto de realização colaborativa de mini-documentários, nascido no Futureplaces Medialab for Citizenship.

Tem dez anos de experiência de docência no ensino superior público e privado, nas áreas do Design de Comunicação, do Audiovisual e da Multimédia. Passou pelo IPCA, ESAP, ESAD-Matosinhos, UCP-Braga.

Trabalhou com diversas instituições na área da cultura, com particular destaque para a Fundação de Serralves com a qual colaborou durante seis anos.

MANUEL PINTO

UMinho/CECS

Doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho em 1996, Manuel Pinto é Professor Catedrático do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, onde ensina nas áreas de Estudos Jornalísticos e Literacia para os Media. É o Diretor do curso de Doutoramento em Ciências da Comunicação da UM.

Tem desenvolvido investigação sobre Literacia para os Media, Sociologia dos Media e Políticas de Comunicação. Coordenou a equipa portuguesa que participou no projeto europeu EMEDUS (European Media Literacy Education Study), financiado pela Comissão Europeia. É membro eleito do Conselho Geral da Universidade do Minho e, desde 2014, integra o Conselho Geral Independente da Rádio e Televisão de Portugal S.A.

PEDRO PORTELA

UMinho/CECS

Doutorado em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Minho, em 2015, é Professor Auxiliar da Universidade do Minho, onde ensina unidades curriculares ligadas à sonoplastia, produção e edição audiovisual, VFX, Motion Graphics e Públicos e práticas mediáticas.

Tem centrado a sua investigação nos estudos radiofónicos e de som, particularmente nos fenómenos interativos entre a rádio e as audiências, medindo níveis de consumo e de participação na sonoesfera digital. Interessa-se por arte sonora e por media arts em geral.

Durante mais de 30 anos produziu e apresentou o programa “O Domínio dos Deuses”, emitido na Rádio Universitária do Minho até 2019.

DIANA PINTO

UMinho/CECS

Licenciada e mestre em Psicologia pela Universidade do Minho e doutorada em Ciências da Comunicação, no Instituto de Ciências Sociais (ICS) pela mesma Universidade. O seu projeto de doutoramento foi financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e foi desenvolvido no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS).
As suas áreas de trabalho e de interesse incluem Educação para os Media, Literacia Mediática, Literacia em Saúde, Comunicação na adolescência, Psicologia Social, Estudos de género, Psicologia da Saúde, Comunicação Organizacional, Comunicação Estratégica e Comunicação em Saúde.

CLARISSE PESSÔA

UCP/CECS

Doutorada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho, com tema de investigação na área da Educação para os Media, Clarisse Pessôa é, atualmente, docente na Universidade Católica Portuguesa e investigadora integrada no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, UMinho. Leciona e investiga nas áreas da Literacia Mediática, Comunicação Organizacional e Estratégica e do Marketing. Tem especial interesse pelos estudos relacionam as crianças/jovens e os media, numa perspetiva crítica de utilização em contexto escolar e social.

CONCEIÇÃO COSTA

ULusófona/CICANT

Conceição Costa é doutorada em Ciências da Comunicação, ramo estudos dos media e jornalismo, pela NOVAFCSH. É professora associada na Universidade Lusófona de Lisboa e Investigadora Principal no CICANT in Lisbon, Portugal. Foi membro da COST Action ISO906 (2010-2014) e esteve envolvida em várias publicações europeias sobre Media Literacy e Game-Based Learning. Os seus principais interesses de investigação são o estudo dos media e crianças, em particular como o consumo e a criação de media criam oportunidades de aprendizagem, expressões de identidade(s) e uma melhor cidadania.

Foi Investigadora Principal (IP) do projeto de investigação GamiLearning (2015-2018) – Jogos digitais para a literacia mediática e informacional (UTAP-ICDT/IVC-ESCT/0020/2014) financiado pela FCT, coordenadora em Portugal do projeto ECFOLI-ERASMUS+ (2015-2017) e IP do projeto MILT- Media Literacy for Living Together, financiado pelo “Media Literacy for All Programme” da Comissão Europeia. É atualmente Investigadora Responsável do projeto GBL4deaf – Game-Based Learning for deaf (2018-2022) (LISBOA-01-0145-FEDER-032022), financiado pela FCT e Lisboa2020 que visa explorar o impacto dos videojogos educativos no ensino da matemática a crianças surdas e com audição reduzida.

MARGARIDA TOSCANO

Rede de Bibliotecas Escolares

Licenciada em Filosofia e Mestre em Ciências da Comunicação, é actualmente Coordenadora Interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) em Lisboa e colaboradora do seu Gabinete Coordenador. No campo da Educação para os Media, tem participado em fóruns como autora e co-autora de várias comunicações e co-organizou várias iniciativas, tais como congressos e seminários. Colabora regularmente em projectos das Universidades do Minho e Lusófona, na mesma área, realizados em parceria com a RBE. É também membro da equipa que coordena o concurso “Media@ção” e formadora nas áreas da Comunicação e das Bibliotecas Escolares.

Mariana Menezes Neumann

Estudante no doutoramento em Artes Visuais na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutoranda no Programa de Pós Graduação em Artes Visuais (PPGAV) na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre em Relações Internacionais pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e bacharel em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Pesquisadora e tradutora com 24 anos de experiência no desenvolvimento de pesquisas qualitativas e quantitativas em temáticas relacionadas à infância e juventude. Entre os principais temas de pesquisa destacam-se: participação/protagonismo, cidadania, políticas públicas e estudos decoloniais. Publicação de artigos em livros no Brasil e no exterior. Membro do grupo de estudos Conceptual Interconnections coordenado pela International and Canadian Child Rights Partnership (ICCRP), sobre teorias e práticas internacionais relacionadas à infância e juventude.

Marisa Mourão

Estudante no doutoramento em Ciências da Comunicação da UMinho

Marisa Mourão é estudante de doutoramento em ciências da comunicação (Universidade do Minho, Portugal) e Investigadora no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, onde exerceu também funções de gestão de ciência e tecnologia entre 2018 e 2022. Os seus principais interesses de investigação incidem sobre os media e a cidadania, particularmente educação para os media/literacia mediática e criançcas e media. A estas áreas soma-se o interesse pela comunicação e ciência. É membro do think tank Communitas, tendo estado diretamente envolvida na sua conceção e desenvolvimento. É também membro do MILObs. Observatório sobre Media, Informação e Literacia.

Joana Fillol

Estudante no doutoramento em Ciências da Comunicação da UMinho

Joana Fillol é estudante de doutoramento em Ciências da Comunicação, ao abrigo de uma bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia, no Centro de Estudo de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, onde tem investigado temas relacionados com as crianças, os jovens, as notícias e a Literacia Mediática. Nesta área, é colaboradora permanente do MILObs – Observatório sobre Media, Informação e Literacia – e coautora do programa Ouvido Crítico, na Antena 1. Licenciada em Jornalismo pela Universidade de Coimbra, trabalhou vários anos na imprensa escrita, participou em dois livros sobre dois símbolos da cidade do Porto (o Metro e a RTP) e, em 2015, fundou um sítio de informação noticiosa para crianças e jovens, o Jornalíssimo, que teve uma rubrica semanal no Jornal 2 da televisão pública.

CAROLINA JARDIM

Investigadora de pós-doutoramento

UMinho/CECS

(Setembro 2021 — Agosto 2023)

Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade do Porto, em 2020, Carolina Jardim tem construído o seu percurso académico desenvolvendo investigação qualitativa com jovens, sobretudo no campo da participação cívica. Durante o mestrado fez um estudo de abordagem etnográfica sobre o voluntariado juvenil europeu, intitulado “Vindos da Europa…sentidos e compromissos de uma experiência de Serviço Voluntário Europeu”. No âmbito do doutoramento desenvolveu um estudo multi-caso sobre a participação de jovens com origem migrante intitulado “A participação de jovens com origem migrante: o papel multifacetado de associações de imigrantes em Portugal”.

Tem como principais interesses de investigação a participação cívica de jovens e crianças, culturas juvenis, os jovens e os media, literacia mediática e contextos de educação não-formal.

Mais informarções em byou@ics.uminho.pt